Palestra: Astronomia como proposta de Alfabetização Científica: Ampliando a visão para o universo

PALESTRA CANCELADA – Temos percebido que a participação dos professores está bastante limitada em função da volta às aulas presenciais pós-pandemia e uma readequação à rotina escolar. Remarcaremos essa palestra para o 1o semestre de 2022.

*****

Público-alvo: professores de Ciências (EFII) e de Física (EM)

Número de vagas:  98

Inscrições até sexta-feira, dia 03 de dezembro

Ministrante: profa. Dra. Maria Inês Rodrigues Ribas

Resumo
O ensino de Astronomia promove reconhecimento do planeta em que habitamos, assim como do universo do qual fazemos parte, apontando o nosso passado, assim como o nosso futuro. Sendo um estudo interdisciplinar que, historicamente, tem mobilizado o ser humano pela busca de respostas e desenvolvimento de tecnologias cada vez mais avançadas. Um estudo que encanta os indivíduos pela natureza do conhecimento. Todavia, a falta de aproximação com esse conhecimento no ensino básico, possibilita o uso de concepções errôneas acerca dos fenômenos astronômicos, que envolvem conhecimento de geografia, matemática, física e química, muitas vezes pela falta de formação dos professores nessa área. Assim, o objetivo desta palestra é fornecer subsídios para que o professor de ciências possa refletir sobre a sua prática e implementar o ensino de astronomia como um recurso interdisciplinar que amplie a visão do estudante do ensino básico por meio de atividades investigativas.

 

Maria Inês Rodrigues Ribas possui Licenciatura em Física pelo Instituto de Física da Universidade de São Paulo (1994), mestrado em Ensino de Ciências – Modalidade Física pelo Instituto de Física da Universidade de São Paulo (2001), doutorado em Educação (Doutorado Sanduíche) – School of Education, University of Leeds, (2005) e doutorado em Educação – Ensino de Ciências e Matemática, pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (2006). É idealizadora e coordenadora do Projeto Menina Ciência – Ciência Menina que visa minimizar o paradigma de gênero encontrado nas ciências. Atualmente é professora do Centro de Ciências Naturais e Humanas, Universidade Federal do ABC. Tem experiência na área de Educação com ênfase em Ensino de Ciências, atuando principalmente nos seguintes temas: Ensino de Física; Desenvolvimento Profissional dos Formadores de Professores, Formação de Professores, Didática das Ciências, Pesquisa-ação Colaborativa, Questões de gênero nas Ciências.

Ao se inscrever, você irá receber o link do zoom por e-mail.